fbpx

Quantos megas MB de Upload preciso para Transmissão AO VIVO?

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr +

Fala Pessoal,

Essa é uma dúvida que sempre pega de jeito quem está começando transmissão ao vivo e por muitas vezes destrói uma estrutura de milhares de reais por causa da internet. Afinal, de que adianta investir R$ 300 mil reais em equipamentos e na hora de transmitir a conexão continua caindo e impossibilitando a transmissão?!

Por isso é importante sabermos como contornar com o que temos e o que contratar na hora de escolher um link de internet para igreja, empresa ou sua própria casa.

FUNCIONAMENTO

Antes de mais nada precisamos entender o funcionamento da transmissão e serei bem objetivo;

O computador capta as imagens da filmadora ou player e transforma ( Encoder ) isso em pacotes que serão enviados ao servidor do youtube por exemplo para distribuir aos computadores dos telespectadores que fará a conversão desses pacotes para um formato de vídeo, quanto MAIS pacotes, mais informações e qualidade, quanto MENOR a quantidade pacotes menor a qualidade do vídeo.

O QUE É DOWNLOAD e UPLOAD?

DOWNLOAD é: quando assistimos um vídeo no youtube estamos usando o DOWNLOAD da sua conexão, isso é, tudo que vem da internet para o nosso computador é chamado de DOWNLOAD.

UPLOAD é: Quando enviamos um email com fotos para um amigo, estamos usando o UPLOAD da sua conexão para enviar as fotos para o nosso amigo, isso é; tudo que SAI do seu computador e vai para a “internet” é chamado de UPLOAD. E quando transmitimos um video da nossa máquina para internet, usamos basicamente o upload de nossa conexão.

QUANTO TENHO DE DOWNLOAD E UPLOAD?

Através de sites como http://speedtest.net/ e outros você pode medir a sua conexão do plano contratado, mas essa não é a velocidade real e vou explicar o por que. Veja o meu caso, tenho um plano de fibra óptica da vivo com 53.49MB de Download e 27.06MB de Upload, então será que posso transmitir a 27MB de upload?! Lógico que não, existe uma grande diferença entre Largura de Banda e Taxa de Transmissão.

O QUE É LARGURA DE BANDA E TAXA DE TRANSMISSÃO?

Largura de Banda ou Bandwidth é: a largura total da banda que pode passar em nosso sistema de internet, no nosso caso temos uma fibra óptica ligada do servidor da VIVO até a minha casa, se eles abrissem a banda total lá eu poderia facilmente ter 1GB de conexão, pois essa é a largura da banda do nosso cabeamento e o limite da minha placa de rede. Mas como contratei só 50MB eles liberam apenas 50MB de Download e 25MB de Upload.

Taxa de Transferência ou Bit Rate é: a quantidade de informação por segundo (pacotes) que podem ser transferidos através da nossa banda, imagine uma rodovia com 4 faixas (banda) e com um carro com 2 pessoas levando pacotes (taxa de transmissão) andando a 60k/h, e quando aumentamos a taxa de transmissão agora temos o mesmo carro andando na mesma velocidade só que agora com 5 pessoas dentro levando os pacotes.

Para descobrirmos qual é a nossa taxa de transmissão ou bit rate, a forma mais fácil de encontrar esse número é pegando a nossa largura de banda contratada e dividindo por 8. Por ex; temos 27MB de upload logo 27Mbps / 8 = 3.375kbps portanto estaríamos apto a usar até 3.375kbps de UPLOAD em nosso software de transmissão ao vivo.

CUSTOMIZANDO O BIT RATE

“Mas Rodrigo, só tenho 5MB de upload que daria algo em torno de 625Kbps de upload, e agora?!” Calma, ainda há uma solução que é não usar as pré configurações do softwares e sim usar uma configuração customizada. Por exemplo no Wirecast temos opções pré configuradas como essas:

Se formos levar em consideração a velocidade de 625kbps que temos, lascou, por que nem em 240p poderíamos transmitir, mas devemos lembrar que essa pré configurações são programadas para oferecer um nível alto de qualidade, e geralmente são baseados em países como o Estados Unidos que possuem uma vasta gama de conexões hiper rápidas, voltando para nossa realidade Brasileira temos que nos adaptar, e para transmissão ao vivo é melhor usarmos uma qualidade baixa e estável do que alta e travando toda hora.

Para isso pegamos o exemplo do Wirecast, clicando na engrenagem ao lado podemos entrar em opções mais avançadas e alterar o bit rate para uma maior estabilidade.

Não se preocupe, em todos os softwares mais profissionais tem essas opções, assim como OBS, vMix, Livestream Studio, Wirecast e etc..

RESULTADO

É possível usarmos a mesma resolução para uma transmissão ao vivo porém com bit rate mais baixo para se adequar a nossa internet. No quadro a baixo vemos o resultado da imagem de uma transmissão feita em 720p mas com 4.500kbps e no lado direito com a mesma resolução mas com bit rate em 50kbps. Esse é um jogo que você terá que fazer para entender o que será prioridade na sua transmissão.

 

LEMBRE-SE DO ÁUDIO

Além da imagem uma transmissão ao vivo sempre tem um áudio, e ele também pesa nessa conta de kbps, o ideal é usarmos qualidades entre 96 à 160kbps para o áudio em transmissão ao vivo. Geralmente uso em 128 ou em 160 quando tudo ( internet e máquina ) está cooperando.

FAÇA TESTES ANTES DE ENTRAR AO VIVO

Lembre-se de testar sua conexão antes, no mesmo horário do evento ao vivo, as vezes você até consegue subir mais o bit rate além dessa conta sem ter muita perda de quadros e momentos da transmissão, portanto teste a transmissão da mesma forma que acontecerá na sua igreja ou evento antes, assim você poderá entrar ao vivo sem ter dores de cabeça, e a pior coisa que tem é a conexão cair no meio da live, muitos usuários saem e não voltam mais.

É isso, faça um bom proveito do Bit Rate e otimize sua transmissão!

Abraços!

Share.

About Author

Pai, empresário, cristão e geek. ;D Criador do site Igreja Multimídia. Dono da IMSL Soluções Web & Multimídia que presta consultoria e serviços para igrejas que precisam de estruturas web e multimídia.