fbpx

[ INTERCOM ] Comunicação Interna para Equipe Multimídia

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr +

Um dos principais problemas que podem acontecer dentro de uma equipe, seja ela de um evento, show ou uma igreja, é a COMUNICAÇÃO! Em um evento ou culto, temos vários grupos trabalhando juntos, e em uma igreja mediana / grande temos equipe de recepção, seguranças, equipe do estacionamento, obreiros, projeção, som, transmissão ao vivo, iluminação, fotografia, mídias sociais, limpeza, e se a igreja for grande mesmo, temos diversas outras áreas funcionando ao mesmo tempo.

Em um evento onde temos várias pessoas e ações acontecendo ao mesmo tempo é comum termos problemas ou situações que não estavam programadas e quando isso acontece é comum vermos um irmão gritando, acenando ou “escandalizando” para chamar atenção de alguém que se encontra a 30 metros de distância. Mas isso seria resolvido se tivessem feito um investimento na comunicação da equipe.

O INTERCOM

Um desses investimentos é o INTERCOM, um intercomunicador com ou sem fio. Em todo grande show ou programa de televisão você verá uma pessoa com um fone grandão só de um lado da cabeça e uma bolsinha na cintura, as vezes com um cabo conectado ou não.

O intercom nada mais é do que um comunicador que recebe voz e envia, os mais simples você controla apenas o volume e os mais complexos você cria grupos, escolhe com quem quer falar e determina se os câmeras por exemplo irão só ouvir ou se irão falar também através do intercom.

No caso de uma equipe de filmagem é comum o diretor de corte e operador de corte se comunicarem com os câmeras informando sobre enquadramento, imagem, a câmera que está ao vivo e etc. E nesses casos não dá tempo para ficar apertando o botão igual rádio para falar, no intercom eles ficam aberto recebendo ou enviando voz o tempo todo (dependendo da configuração) com a equipe se comunicando.

E se uma equipe precisar se comunicar com a outra? exemplo; Se alguém estaciona um carro na porta do vizinho na rua da sua igreja e você precisa anuncia-lo, geralmente os seguranças do estacionamento ou obreiros vem com um papel na mão e caneta para informar a placa do carro, o problema disso é que ele deixou sua posição e pode gerar alguma falha, mas se ele tivesse com um rádio com grupos específicos, ele poderia se comunicar sem sair da sua posição. No caso da filmagem é quase impossível alguém abandonar sua posição nem que seja por alguns segundos, pois poderá trazer problemas para a transmissão final.

Quais os tipos de intercom?

1 – Intercom Com Fio

Prós: Baixo custo, conexão por cabo gera fidelidade e segurança no áudio.
Contras: Mobilidade limitada pela distância do cabo, geralmente não tem muitas funções no equipamento.
Preço aproximado: R$ 4.000,00

Geralmente os modelos com fio são mais antigos e pouco usados por conta da falta de mobilidade, mas se as posições dos câmeras forem fixas ele pode servir perfeitamente. Algumas empresas nacionais como a Powerclick fazem esse tipo de equipamentos e para uma solução simples de comunicação irá resolver o problema muito bem.

 

2 – Intercom Sem Fio

Prós: Mobilidade sem fio, vários grupos e opções de comunicação.
Contras: Alto custo, conexão por sinal que pode gerar interferências.
Preço aproximado: R$ 90.000,00

A Clearcom é uma das marcas mais conhecidas se não uma das melhores na área de intercom, por isso tem o seu alto custo pois é uma conexão que funciona muito bem sem fio e tem a possibilidade de expansão de áreas por antenas externas e alta duração de baterias. Porém seu alto custo assusta e geralmente é usado em ambientes profissionais, tipo emissoras de televisão e shows.

 

3 – Rádio TalkAbout e Rádios HT’s

Prós: Mobilidade sem fio, Vários grupos, Custo x Benefício.
Contras: Não é apropriado para a função Intercom, Interferências são comuns, precisa apertar botão para falar.
Preço aproximado: de R$ 100,00 à 1.000,00 em média por unidade.

Os rádios talkabout e HT’s são rádio de segurança que podem ser usados para a missão de intercom, porém não é a mesma coisa, estamos adaptando um aparelho para uma função portanto é comum termos falhas e deficiências mas de um modo geral é o que tem funcionado melhor nas igrejas por conta do baixo investimento. Um dos pontos baixos é o headset que vem no kit, (aquele de por em volta da orelha) ele é bem útil usando em um ambiente calmo, mas em um show ou em uma igreja que gosta de volume alto por exemplo as igrejas pentecostais é impossível de usar esse rádio com esse fone do kit, é essencial investir em algo mais forte e mais fechado.

4 – Unity Intercom Via IP ( nossa recomendação )

Prós: Mobilidade sem fio, Vários grupos, Custo x Benefício, da para usar no celular.
Contras: Dependendo do celular em uso a bateria pode acabar rápido.
Preço aproximado: à partir de $500,00 dólares. ( R$ 1.800,00 média )

Essa solução Unity Intercom é sensacional, utiliza seu próprio smartphone conectado a uma rede e servidor (mac) e você pode se comunicar com outras pessoas usando Android ou iOS e a qualidade é incrível, em HD dependendo da intensidade da antena wifi. Você baixa o aplicativo e compra o servidor, através do servidor você pode nomear os celular, criar usuários e senhas, dar autorização para falar ou só escutar e falar diretamente com uma pessoa mesmo que não esteja online enviando uma mensagem pedindo para ela se conectar. É possível também conectar com uma blackmagic ou outras mesas de corte e receber o sinal de Tally Light no visor do celular e assim o câmera saberá se ele esta com sua imagem ao vivo ou em stand by na mesa de corte.

O legal é que você pode começar usando seu próprio headset, mas se o ambiente for muito barulhento, ai compensa ir na lojinha deles e ver alguns dos fones que eles tem por lá. Se o sinal estiver fraco é simples, é só comprar mais uma antena wifi (essas que você usa em casa) e estender o sinal, existe até a possibilidade de manter a conexão através do 3G/4G e continuar como se tivesse na mesma rede wifi, vale a pena conferir mais sobre essa ferramenta, espero que gostem dessa dica pessoal pois é uma das soluções que temos usado dentro do melhor custo x beneficio sem perder o profissionalismo 😉

AH, quase me esqueci, o HEADSET..

Fuja dos headset do kit ou de baixo custo, não economize nesse cara, eu diria que é melhor estar com um Talk About Motorola mas com um Headset profissional do que ao contrário, um headset como esse da imagem isola os sons de fora e evita a entrada de ruídos, o seu microfone geralmente é cardioide e não “estoura” quando você fala em um ambiente com bastante ruído, então seus amigos vão te agradecer e ninguém ficará surdo. Com um kit desses você fala de frente com um PA de show e não tem problemas para falar ou ouvir o que sua equipe está passando.

Porém, todavia, se por acaso, sua igreja tiver um som bem baixo / fraco você não precisa se preocupar com isso, pois o headset do kit dará conta.

E se nada disso der certo, existe essa última opção que todos nós provavelmente já tivemos contato, a dica é; estique bem o barbante!! hahahah Até mais!!

Share.

About Author

Pai, empresário, cristão e geek. ;D Criador do site Igreja Multimídia. Dono da IMSL Soluções Web & Multimídia que presta consultoria e serviços para igrejas que precisam de estruturas web e multimídia.